Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Obrigada, muito obrigada!

É o senhor que esteve comigo desde o dia em que vim ao mundo e vem todos os dias olhando por mim, onde quer que eu vá e seja lá qual forem os caminhos que eu passe, jamais estarei sozinha, pois estás comigo. Tenho contado com sua benção nos meus dias de aflição e até nos dias de conquistas, quando certas vezes me esqueço, ainda sim, tu ficas feliz com minha alegria e me ilumina ainda mais e sem que eu saiba, permanece ao meu lado comemorando comigo, sendo sempre o primeiro a saber de tudo o que eu faço e por tudo que passo, sejam fatos e momentos bons ou ruins. Tenho tua ajuda nos problemas mais difíceis, mesmo quando estes parecem completamente impossíveis. O senhor desata os nós mais complexos e me resgata antes mesmo que eu caia, e eu custava acreditar que a queda foi evitada por um ser que posso apenas sentir. Sempre que pedi a verdade, ela me veio a tona. Sempre que perdi a vontade, forças eram enviadas de forma misteriosa, as quais só com certa maturidade, fui capaz de entender

Cuidado, Zelo

Cuidado: cautela, algo que implica em não fazer algo no qual poderia prejudicar alguem ou alguma coisa. Zelo: Ter cuidado, saber zelar por algo ou alguém. Ter responsabilidade com aquilo que nos interessa. Duas palavras completamente distantes no abecedário e tão próximas de significado, quase como nós dois, distantes apenas nos km que nos separam e tão próximas nos sonhos e objetivos, para falar a verdade, similares,semelhantes. Vejo que é hora de começar a reviver um verso por mim já escrito e solucionar a questão. "E eu acostumada a carregar o peso sem a ajuda de ninguém, pagar a conta inteira e carregar as malas, já não sabia o que fazer." É, acho que consegui descobrir o que deve ser feito, só na tarde de hoje. Há quatro meses, já sabia o que é ter alguém, o que é não viver mais sem, querer cuidar e ser cuidada, mas por um costume bobo, em uma noite um tanto quanto especial, por um contra-tempo, sem perceber, não me deixei ser cuidada pelas mãos nas quais mais confio,

Gratidão

Sua insaciável fome de ajudar tem sido brilhante luz pelos caminhos sombrios que a vida gostaria de me fazer traçar. Quando digo com toda a certeza, que não viveria sem você, estas jamais serão palavras jogadas ao vento, que a brisa leva e desfaz. No meu dicionário veio a garantia e agora a gratidão. Gratidão por você nunca ter poupado esforços para me ver lutar, prosperar e sorrir com a vitória alcançada após o enorme esforço. Você lutou comigo e quando eu chorei pensando em desistir, mesmo em silêncio, você sentiu meu desejo de parar e despejou me as melhores palavras de motivação para que eu me agarrasse em seu ombro e conseguisse andar com suas pernas, quando as minhas estavam banhadas em sangue, pelos ferimentos daquela guerra. Você me emprestou parte de suas forças, enquanto não precisava delas, para que eu conseguisse derrotar os dragões mais assustadores que a vida colocou frente a frente comigo. Foi você que me agarrou de uma vez, antes que eu caísse ao chão, depois daquele go