Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

no meio de tudo VOCÊ

A vida faz desenhos que nem eu consigo entender. Ciclos que se iniciam e ciclos que encerram-se e durante todos eles, lá está você acompanhando de perto meus altos e baixos. Desde sua auto instalação definitiva em todos os meus dias de uma vida inteira desde 06/03/11 só tenho progredido, ou conseguido coisas que achei que seriam melhores e quando vi que não eram tudo aquilo, consegui as verdadeiramente boas para meu crescimento. Desde você ao meu lado, como meu prometido, minha vida tem sido cheia de novidades boas e quando as ruins, em sua minoria, chegam, lá está você com as melhores palavras possíveis pra tentar me fazer ver que estas são pro meu bem, ou que algo melhor está por vir. Coincidência ou não, sua presença em mim anda fazendo com que as coisas aconteçam e valham a pena. Segundo a lei da atração, coisas boas atraem suas similares e talvez tudo isso só esteja acontecendo por um motivo: Você ter sido a melhor coisa que aconteceu pra mim. É como derrubar um dominó de uma file

Meu grão de amor

Não tenho culpa nenhuma de receber os milhares de grãos das toneladas de felicidade que ele me traz todos os dias.E Eu que nunca fui um pote de ouro no final do arco-íris, nunca passei de mero jarro dourado e sem valor ou quem sabe uma cumbuca de barro em meio a um deserto, sem serventia alguma que não fosse guardar areia; agora havia mudado, havia evoluído e para ele eu era o bendito pote de ouro. Como se não fosse suficiente me ver como pote de ouro, me valorizava como se eu trouxesse em meu interior milhares de pedras de diamantes rosa e ainda agia como se eu fosse também o arco-íris, já que era capaz de enxergar todas as minhas cores, sem o daltonismo em que vivem os homens de hoje. E eu que era um livro velho, de páginas amareladas, caindo aos pedaços, que não interessava a ninguém ser lido, salvo pelas gravuras que ao menos passavam os olhos; desta vez estava em nova edição, caprichosamente reescrito por um poeta profissional em uma enorme e bem conceituada biblioteca. E eu que e