Pular para o conteúdo principal

Gratidão

Eu gosto de quem se importa comigo, seja como for, tenha o título ou idade que tiver, amigo novo ou antigo, parente, colega de trabalho ou um grande amor. Eu me derreto com demonstrações e fico grata com pequenas coisas, com as grandes então, nem se fala.
Bem, eu li a carta algumas vezes pra sintetizar bem e compreender algo que ainda não sei se mereço, mas que preciso agradecer pois "salvou o dia" e me fez feliz, assim como vários momentos em que fiquei feliz por você, nessa amizade relativamente nova que construímos aos poucos.
E eu que sou "boa com palavras", nesse momento elas me fogem, tamanha foi minha surpresa diante do feito. Não pelo que recebi, mas pela forma como recebi e pelo motivo. Sou grata pela sua gratidão. Da forma mais bonita me foi entregue, no local de trabalho, feito surpresa no meio do dia, como creio que muitas outras pessoas gostam muito.
Nesses meses em que mantemos contato, eu nunca fiz nada que não faria por um alguém querido, por um grande amigo, por um familiar, por pessoas que significam muito pra mim e que fazem por onde e alcançam uma grande consideração e afeto da minha parte. Eu quero sempre ajudar quem eu gostaria que fosse feliz de alguma forma, me identifiquei quando soube da sua luta, pois já lutei pelo mesmo motivo, porém em dimensões muito menores.
Saiba você que desde que me mudei, nunca recebi (talvez porque nunca "permiti" tamanha demonstração de afeto), na verdade me endureci e nem lembro quando foi a última vez em que recebi algo no trabalho, via os outros recebendo e só conseguia ter o coração transbordando por imaginar como aquilo era bom.
Se lutei na vida? Lutei, várias grandes e pequenas batalhas, várias reviravoltas, atualmente estou em algumas, vencendo alguns dragões, tentando amansar alguns, mas nunca encontrei ninguém que se sensibilizasse tanto. Inclusive hoje luto, para ter uma certa sensibilidade em algum sentido.
No filme "beleza oculta", quando ele entra em "luto" por conta da morte da filha e se endurece, você bem sabe que ainda estou nessa etapa, em luto por algo que morreu em mim e a beleza oculta está desabrochando agora, com algo que você até já me aconselhou sobre.
Se você não sabe o que será da sua vida, estando em um patamar mais bem resolvido que eu, imagine o que eu sei? Nada, no auge dos meus 25 anos, tentando conquistar meu espaço, em vários sentidos.
Hoje pra mim, você faz parte da minha família, me relaciono contigo como me relaciono com meu irmão, que é meu melhor amigo, te desejo um grande futuro pela frente e eu nunca vou deixar de te apoiar, diante deste caminho, que sabemos que será brilhante, uma trajetória e tanto, você vai rumo ao sucesso, a busca pela sua família, ao seu tão sonhado futuro filho, pelo grande homem que é, naquela velha promessa de que "se você começar a namorar alguém, não some, porque quando eu encontrar alguém também não vou sumir da sua vida". Continue não se prendendo a sua aparência, pois sua essência é o que importa, como você já aprendeu. Meu único pedido é algo que acho pouco provável acontecer, pela sua personalidade forte, só não se torne um daqueles "babacas que se acham" (como você mesmo diz) depois que conquistar um corpo legal.
Tô contigo bro!
Da mina mais vida loka que você já conheceu (hahahahaha)
OBRIGADA! (do fundo do meu coração, por essas e outras)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gratidão pelo adeus

Encontrei uma foto antiga e parte do meu passado me invadiu, de imediato. Várias memórias vieram, saudosas, nostalgia pura, não que eu quisesse viver novamente o passado, não que eu goste do que eu gostava antes, mas que o "eu" daquela época estaria feliz por viver ali. Ah sim, ela estaria. 
Dizem que você sempre está onde deveria estar. Então no passado eu estava exatamente onde precisava, se no presente mudei de lugar e de pessoas, é tudo exato, é tudo destino.
Hoje em dia me expandi, de forma irremediável e quando a gente se expande, não consegue mais voltar a forma inicial, isso criaria estrias no corpo do meu tempo. 
A vida é outra, a pessoa é outra, fui sendo só metamorfoses, desde o dia em que você decidiu partir. Embora sem piedade, preocupado com o maus-tratos que eu sofreria nas mãos do mundo, que não era nada amigável como você era comigo. Hoje eu decidi retratar brevemente, esses quase três anos. Em junho completo 3 anos deste estado civil, quase o mesmo que fizemos …

Oi de novo...

Eu já estava me acostumando com a idéia de ser sozinha, estava acomodada e confortável e logo agora...mais uma faísca, tudo estava no lugar até você me reencontrar. Não é apego inteiro, nada arrebatador mas já é uma faísca, uma esperança, um friozinho na barriga que eu antes não sentia. Juro que não esperava, era pra ser só alguns dias com pessoas estranhas ao meu convívio e você que eu quase conhecia, que eu conheci os lábios embriagados em uma festa qualquer, em uma das minhas curtições sem futuro. Há dias atrás você era só um beijo bom que havia passado, ter te conhecido melhor fez você se tornar uma porção de coisas mais, eu conheci a pessoa por trás do desejo.  Aí então bastaram seus apelos pra eu te cuidar, seu carinho inesperado a todo momento, seus braços me procurando toda hora, sua boca não querendo descolar da minha e o calor do corpo ao lado por todos estes dias, teu ciúme, os problemas juntos, as risadas, as resoluções e os desabafos. Nossos problemas entrelaçados se casa…